Chá de Pariri: Receita, Propriedades, Benefícios para Saúde

Publicidade

Olá pessoal, hoje vamos falar de uma planta muito especial: o pariri. Também conhecida como carajurú, cipo-pau e paripari, ela possui propriedades medicinais, auxiliando no tratamento de doenças inflamatórias, microbianas, cicatrizantes e muito mais. Além de tudo, essa plantinha é muito amiga das mulheres, pois ajuda a aliviar inflamações no útero e outros problemas ginecológicos.

Mas o benefício mais importante do pariri é seu uso na luta contra alguns tipos de câncer, como o de boca, útero e leucemia; mas calma, não estamos dizendo que ele cura, porém dá uma grande ajuda: quando alguém é submetido a um dos tratamentos contra o câncer (radioterapia ou quimioterapia), o organismo passa por uma queda de hemácias (os glóbulos que ajudam a defender o corpo de doenças); o chá de pariri ajuda a aumentar a quantidade de hemoglobina no sangue, assim fortalecendo a pessoa e aumentando suas chances de superar a doença.

Ela também auxilia no tratamento contra anemia, diarreia, corrimentos vaginais, dores intestinais e hemorragias. Pegou aquela conjuntivite que estraga o final de semana? Não se preocupe, o pariri é amigo e ajuda seus olhos a voltar ao estado perfeito. A parte mais utilizada são as flores, que podem ser usadas em diversos preparos: chás, infusões, pomadas, etc. Mas espere! Para cada tipo de problema há um tipo de solução. Vamos conhecer?

Comecemos com o mais simples: tratamento para cólicas intestinais, inflamações e anemia: Neste caso se aplica um simples chá; pegue 4 folhas GRANDES de pariri e coloque em um recipiente; ferva um litro de água e jogue nas folhas. Consuma o chá natural, sem açúcar (não parece muito bom, certo?) em até 24 horas após o preparo. Claro que você não vai sentir um alívio instantâneo, mas vai notar a melhora.

Machucou-se ou está sofrendo com os terríveis corrimentos (este problema aqui é apenas feminino)? O pariri também ajuda. A receita é super simples: pique as folhas e bata no liquidificador com um pouco de água. No caso de machucados, passe no local afetado; já de corrimento, faça um banho de assento com água morna.

Se você não quer ter trabalho, você encontra a planta do jeito que precisa em algumas farmácias, já prontas para consumo. Procure em farmácias especializadas em produtos naturais ou em feiras. Pessoas sensíveis a: ácido anisíco, taninos, bixina, e cajurina devem passar longe do pariri; ele pode mais piorar do que ajudar. Apesar de ser um remédio natural, o pariri não deve ser usado sem orientação médica. “É natural, vou tomar igual água“. NÃO! O ditado que diz que tudo em excesso faz mal também se aplica a tratamentos naturais.

Para não errar, temos algumas dicas para o uso desta planta tão especial:

  • Quando for fazer o chá, siga a quantidade correta; não precisa ser muito forte para fazer efeito; maneire e as chances de dar certo são gigantescas;
  • Ao preparar o chá, não precisa tomar tudo de uma vez. Consuma ao longo do dia, como doses homeopáticas. O ideal é que ao longo do dia você consuma tudo e não deixe restinhos guardados para tomas no dia seguinte;
  • Enquanto você faz tratamento com o chá de pariri, é necessário reforçar o consumo de vitamina C; assim o ferro fixará no organismo e o tratamento terá melhor efeito;
  • Como dito antes, não deve ser consumido igual água. Além da possibilidade de piorar os sintomas, o pariri para de fazer efeito se você consumir por três semanas seguidas; isso acontece porque o organismo acostuma e para de reagir.

Não há uma contraindicação do pariri para mulheres grávidas ou crianças, mas devem ter mais cautela que pessoas fora destas condições.

Cultivando o pariri

Por ser uma planta, obviamente você mesma pode plantar. O pé de pariri cresce mais ou menos 1,80m de altura por uma braçada de largura. Ela pode ser cultivada em céu aberto, principalmente porque gosta muito de sol (mas depois de crescida). Até estar crescida, mantenha a muda em local sombreado. Vamos aprender a cultivar? Só lembrando, que é um processo para quem não tem preguiça de cuidar de plantas, pois assim como animais, precisam de carinho e atenção especial:

  1. Corte, peça ou compre um pequeno galho de pariri e o coloque em um recipiente com água; é importante trocar a água todos os dias para oxigená-la; tome cuidado para não deixar água parada;
  2. Em três ou quatro semanas, você vai notar o surgimento da raiz. Antes disso, você pode saber se a planta está desenvolvendo observando o crescimento das folhas e o surgimento de pequenos pontos brancos no caule submerso na água;
  3. Notando uma formação grande de raízes, retire a planta da água e coloque em um vaso com terra. Vá a uma floricultura e pergunte qual a melhor terra para garantir um crescimento saudável. Terra roxa é a melhor;
  4. Depois de plantada, não invente de comprar nenhum produto para cuidar do pariri. Uso apenas água para irrigar a planta e no máximo use os truques da vovó, como casca de batata e ovo para fortalecer a planta;
  5. Cuide bem e após algumas semanas já vai observar o desenvolvimento do pariri. Apesar de não ser uma planta muito bonita no começo, quando surgem às flores ela chama muita atenção e merece um espaço especial;
  6. O processo é demorado; cerca de um ano para a muda estar pronta para uso. Os cuidados não devem parar afinal você pode usar, pode dar para a família, ajudar um amigo e também deixar o seu quintal com mais vida.

Quem tem mãos boas para planta vai tirar de letra o plantio e cultivo do pariri; para quem não tem, é um processo de paciência e até mesmo um exercício para calma (há quem diga que cuidar de plantar acalma). Agora, se você sente que vai jogar tudo para o alto e deixar a coitada da plantinha secar no sol, recomendo que vá até a loja de produtos naturais e compre as folhas secas e prontas para o uso (ou a pomada se for o seu caso). Aproveitem as dicas e até a próxima!

O que você acha do sabor desta deliciosa bebida natural? Que tá comentar abaixo o que o seu paladar nos diz?

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)