5 Chás para Acabar com a Dor de Dente Rápido!

Publicidade

Todo tipo de dor, efetivamente, incomoda muito e é altamente desagradável. Não há como comparar níveis de dor, tudo depende da intensidade do problema responsável por causar a dor.

No caso da dor de dente, é um mal que incomoda demais e causa grandes incômodos como: dores de cabeça, vômitos, dores nos olhos, irritação severa e até, em casos extremos, desmaios.

As causas podem ser as mais variadas possíveis como um alimento preso entre os dentes, cáries, raízes expostas, entre outros. Seja qual for a causa, a tendência é do aumento gradativo da dor até chegar em níveis comprometedores.

Como Identifico o Problema Causador da Dor?

Você mesmo pode não conseguir descobrir a origem do problema, mesmo porque, não conseguirá agir na solução do mesmo. Isto só é possível com a ajuda de um dentista.

Hoje em dia, devido ao aumento dos recursos tecnológicos, é muito fácil identificar a origem do problema e iniciar o tratamento. Há de se lembrar que, em estado inflamatório, os dentistas não conseguirão executar qualquer ação no dente afetado.

Isto significa que o tratamento em si só começará após cessar a inflamação. Geralmente, para que isto ocorra, o dentista pode ministrar o uso de anti-inflamatórios e até antibióticos.

como resolver

O dente afetado deverá ser extraído?

Na maioria dos casos não. Aliás, a extração é uma das últimas alternativas. Atualmente existem inúmeros tratamentos bem como recursos que conseguem recuperar o dente, independentemente do problema.

Mas, se mesmo assim a extração se fizer necessária, também existem opções de substituição do dente extraído, com próteses fixas, moveis, etc. Seu dentista poderá realizar esta análise e lhe direcionar para o melhor tratamento.

Como consigo parar a dor de dente?

Se você tiver acesso à um dentista no momento do surgimento da dor, o melhor será consultá-lo pois, mesmo que este não possa atuar no tratamento do problema, poderá lhe diagnosticar remédios para diminuir a dor e reduzir condições inflamatórias do dente e que são responsáveis pela mesma.

Obs.: Apesar da dor intensa, evite todo e qualquer tipo de automedicação, é muito perigoso com riscos sérios à sua saúde. Nunca ingira qualquer medicamento sem orientação médica.

No entanto, caso não tenha o acesso à um dentista no momento, existem alguns chás que podem auxiliar na diminuição da dor e que já se mostraram muito eficazes. Com a utilização deste recurso, você poderá aguentar até conseguir acesso à um médico odontologista.

Chá de folha de batata doceRico em vitamina A
Chá de malvaalivia dores na gengiva
Chá de macelaamortiza a dor de dente
Chá de cravo-da-índiarico em propriedades cicatrizantes
Chá de folhas de goiabapoderosos anti-inflamatório

5 Chás para Dor de Dente

Conheça e anote estes 5 chás que conseguem, de maneira eficaz e natural, diminuir a dor de seu dente:

aliviar a dor

1º. Chá de folha de batata doce: é rica em betacaroteno e vitamina A, tornando-a anticancerígena; consegue ainda ativar o sistema imunológico, promovendo a renovação celular, controla o nível do colesterol e seu chá é um ótimo anti-inflamatório reduzindo significativamente a dor de garganta e de dente.

Modo de fazer: para uma xícara de água, utilize uma única folha de batata doce picada. Ferva a mistura por 5 minutos, coe e realize bochechos 3 vezes ao dia ou mais, dependendo da intensidade da dor.

flor medicinal

2º. Chá de malva: o chá de malva branca é utilizado no tratamento de algumas doenças respiratórias, reumatismo e doenças hepáticas. Por ser bactericida pode aliviar problemas na gengiva, na boca como afta e dor de dente e na garganta.

Modo de fazer: utilize uma xícara de água para uma colher de sopa de malva. Ferva a água e acrescente a malva. Deixe em infusão por uns 5 minutos, coe e faça bochechos por até 3 vezes ao dia.

poder dos chás

3º. Chá de macela: poderosa erva com diversas propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e antissépticas, o que favorecem na amortização da dor de dente.

Modo de fazer: para aproximadamente 200 ml de água utilize 2 colheres de chá de folhas de macela secas. Ferva a água e acrescente as folhas de macela, vagarosamente. Mantenha a infusão por uns 5 minutos, coe e faça bochechos por até 3 vezes ao dia.

gosto diferente

4º. Chá de cravo-da-índia: poderoso chá para tratamento de tosses, gases intestinais, inflamações, dores de dente, perda de peso, entre outros.

Modo de fazer: utilize 1 colher de chá de cravo-da-índia para 1000 ml de água. Ferva a água junto com o cravo-da-índia por uns 10 minutos. Coe e faça bochechos 3 a 4 vezes por dia.

os mais gostosos

5º. Chá de folhas de goiaba: estas folhas em infusão são poderosas anti-inflamatórias usadas para dor de garganta e dores de dente. Quando mastigadas, ajudam no mau hálito e também em possíveis sangramentos da gengiva.

Modo de fazer: acrescente um punhado de folhas da planta para 500 ml de água. Ferva a água e acrescente as folhas, deixando em infusão por uns 5 minutos. Coe e faça bochechos regulares 3 vezes ao dia. Obs.: é melhor que as folhas utilizadas sejam novas e não secas.

Como não serão ingeridos, não há qualquer contraindicação na utilização destes chás. Assim, evite sua ingestão pois, em alguns casos, como por exemplo a malva, há severas contraindicações para diabéticos pois, no organismo, se transforma em glicose.

É importante lembrar que a dor de dente é um alerta de que existe alguma coisa errada em seu dente, em sua boca. Toda dor, na verdade, é uma indicação, quase que uma reação do corpo indicando que há algo estranho, errado e que precisa ser tratado com urgência.

Deste modo, é preciso lembrar também que estes chás ou qualquer outra medida para aliviar a dor são emergenciais. Mesmo que a dor passe, o problema pode e estará ainda presente e, na verdade, nenhuma medida substituirá a análise de um profissional.

Deixar de procurar um dentista porque a dor cessou pode ser um grande erro e poderá também ocasionar problemas maiores no futuro. Alivie a dor e assim que possível procure um médico dentista.

O melhor mesmo é não sentir dor de dente, não é mesmo? A melhor maneira de evitá-la é a prevenção, através de uma correta e constante higienização bucal (escovações, fio dental, etc.) e uma consulta regular ao dentista.

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This