5 Chás para Eliminar de VEZ o Mau Hálito (Halitose)

Mau hálito é, definitivamente, uma coisa muito desagradável, tanto para quem tem mau hálito (e sabe que tem) como para quem o sente em outra pessoa. Muitas vezes fica até difícil disfarçar o incômodo.

Mas antes de condenar o mau hálito, considerando apenas como uma possível falta de higiene, é preciso entender um pouco de suas diversas causas. Em algumas situações, pode ser necessário um tratamento mais duradouro com o auxílio de um médico dentista.

De qualquer forma, é importante identificar a presença do mau hálito. Só assim se buscará soluções definitivas.

Obviamente, uma correta higienização bucal, com escovações periódicas e após as principais refeições, uso frequente de fio dental, enxaguante bucal, consulta periódica ao dentista, etc., são procedimentos mínimos necessários para se evitar o mau hálito.

poder dos chas

Quais as principais causas do mau hálito?

São diversas as possíveis causas. Possíveis problemas estomacais, acúmulo de bactérias na boca, nicotina, má escovação, tártaro, problemas na gengiva, cáries, problemas estomacais e, em casos mais graves, doenças como insuficiência hepática ou renal, que exigem um tratamento médico específico.

Como evitar o mau hálito?

Para os casos em que se faz necessário algum tratamento médico, como problemas renais, gengivite, cáries, etc., não é possível evitá-lo e sim, talvez, durante o tratamento especifico do problema, “mascará-lo” ou disfarçá-lo apenas.

Nos demais casos, onde não ocorram problemas que exijam tratamento médico, o mau hálito pode ser facilmente evitado e/ou sanado através de uma limpeza bucal correta, a exemplo de certas bactérias presentes na boca, cheiro de cigarro ou de alimentos mais fortes como cebola, alho, etc.

como disfarçar

Como disfarçar o mau hálito?

Algumas vezes, em determinadas situações, não temos como escovar os dentes e promover uma higienização bucal adequada. Nestas situações, você pode ter que recorrer à algumas maneiras para tentar disfarçar seu hálito, mesmo que preventivamente.

Imperdível:  5 Benefícios INCRÍVEIS do Chá de Alpiste + Receita Como Fazer

Existem várias alternativas para disfarçá-lo. Algumas pessoas recorrem às costumeiras balinhas de hortelã, mas estas, além de só resolverem o problema parcialmente e por um curto espaço de tempo, não são tão saudáveis onde o alto consumo das mesmas pode causar problemas maiores, como o diabetes, por exemplo, ou mesmo cáries, pois elas contêm grande quantidade de açúcar.

Por outro lado, existem alguns recursos naturais que podem sim eliminar seu mau hálito rapidamente.

Por um problema bucal em tratamento ou para aqueles momentos em que não temos como garantir uma higienização adequada de nossa boa, estes recursos podem ajudar, como por exemplo, alguns alimentos e os chás.

Por serem naturais, você poderá usar e abusar deles. Em sua maioria ainda, conseguem não só melhorar seu hálito como podem favorecer sua saúde, além de serem diuréticos.

5 Chás para Mau Hálito

Conheça agora 5 chás, de fácil preparo, que lhe auxiliará na eliminação do mau hálito. Lembrando sempre que esta “arma” natural serve para situações de emergência pois nada substitui uma boa higienização bucal e o correto tratamento dentário.

para tirar mau halito

1º. Chá de losna:

A Losna é uma planta medicinal facilmente encontrada e que é também conhecida como Absinto, Erva-do-fel, Erva-de-santa-margarida, entre outros nomes. Por ser uma planta medicinal, consegue auxiliar em diversos males, como febre ou contra vermes.

Modo de fazer: para 1 colher de sobremesa de folhas de losna picadas, 1 xícara de chá de água; ferva a água e acrescente as folhas de losna, deixe em infusão por uns 10 minutos, coe e beba. (Como forma de intensificar o poder da losna, você pode também bochechar parte do chá).

Imperdível:  Chá Verde Tem/Contém/Possui Cafeína?

Contraindicações: não beber este chá por mais de 4 semanas consecutivas, pois possui propriedades que, quando consumido em excesso, podem trazer males à saúde.

poder dos chas

2º. Chá de Guaçatonga:

Planta com diversas propriedades medicinais, usada principalmente para problemas de pele e até mordidas de cobras.

Modo de fazer: uma a duas colheres de sobremesa de folhas de Guaçatonga para 150ml de água; ferva a água e acrescente as folhas, deixando em infusão por uns 10 minutos. Coe e beba.

Contraindicações: não é indicado para grávidas, pois pode estimular as contrações uterinas.

remédios naturais

3º. Chá de Erva-Doce:

Esta herbácea, fortemente aromática, é comestível e é também muito utilizada na culinária, perfumaria e também é uma planta medicinal.

Modo de fazer: uma ou duas colheres de chá de sementes de erva-doce para 200ml de água; ferva a água junto com as sementes por uns 3 a 4 minutos. Deixe esfriar, coe e beba regularmente.

Contraindicações: pessoas com úlcera, refluxo e pacientes fazendo suplementação de ferro devem evitar o consumo da bebida.

Chá de Casca de Maçã com Canela

4º. Chá de Canela:

A canela possui muitas propriedades benéficas à saúde, e conta também com uma espécie de óleo, chamado aldeído cinâmico, que consegue reduzir significativamente as bactérias na boca.

Modo de fazer: 1 colher de chá de canela em pó para 200ml de água; ferva a canela junto com a água. Por ser em pó, caso queira, não precisa coar. Você pode beber o chá ou utilizá-lo como enxaguatório bucal por duas ou três vezes ao dia.

Contraindicações: se usar apenas como enxaguatório, não há qualquer contraindicação. Se beber o chá de canela em quantidades excessivas (mais de três xícaras ao dia por 2 semanas consecutivas, por exemplo), o mesmo poderá ter efeitos tóxicos à saúde.

Imperdível:  Como Preparar Chás para Tosse Seca, Alérgica e Forte

gosto diferente

5º. Chá de Cravo:

O cravo-da-índia possui muitas funções medicinais, como tratamento de tosses, gases intestinais, inflamações, dores de dente, bronquite, e ainda algumas propriedades antibacterianas que ajudam a combater o mau hálito.

Modo de fazer: 1 colher de chá de cravo-da-índia para 200ml de água. Ferva a água junto com o cravo durante 5 a 10 minutos. Coe e espere esfriar. Você poderá beber o chá (2 xícaras ao dia no máximo) ou mesmo usá-lo como enxaguatório bucal, também por umas 2 vezes ao dia.

Contraindicações: para mulheres gestantes ou em fase de lactação, crianças menores de 6 anos e pessoas com problemas gastrointestinais e/ou doenças neurológicas, o consumo da bebida deve ser evitado.

Quer exterminar de vez o mau hálito? Use e abuse destes chás, como forma emergencial e, assim que possível, consulte seu dentista e realize um tratamento bucal adequado. Nada como ter um hálito fresco e uma boca saudável.

como saber qual chá você deve tomar

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *