5 Chás para Infecção Intestinal para Adultos, Crianças e Idosos

Publicidade

Saiba como resolver o problema com 5 chás para infecção intestinal

A infecção intestinal é um quadro grave, que merece atenção. Ele normalmente é causado pela ação de algum micro-organismo, como bactéria ou protozoário, que mexe com o equilíbrio da flora intestinal.

Essa é uma situação que leva a diarreia intensa, perda de líquidos, fraqueza, cansaço e que também pode evoluir para sangramentos, desmaios e cólicas intensas. É fundamental repor o líquido e os nutrientes e, para isso, buscar um médico é indispensável.

Entretanto, alguns remédios encontrados na natureza podem te ajudar a recobrar a saúde mais rapidamente. Pensando nisso, veja a seguir 5 chás para infecção intestinal.

1. Chá de hortelã

A hortelã é mais do que uma planta aromática e capaz de dar um sabor especial à sua comida. Se você estiver com infecção intestinal, o chá dessa erva pode fazer a diferença para melhorar alguns dos sintomas.

A bebida possui propriedades antiespasmódicas e ajuda a melhorar a digestão, evitando gases e diminuindo o desconforto. Também trata cólicas intestinais e ajuda a regular o funcionamento do intestino, inclusive no caso de diarreias. Suas propriedades bactericidas ajudam a combater as causas da infecção.

Ele não deve ser ingerido por pessoas grávidas ou com predisposição a ter aborto, além de ser vetado para quem tem problemas biliares e para gestantes.

Preparo Fácil

Para prepará-lo, aqueça meio litro de água e, ao atingir o ponto de fervura, adicione uma xícara de chá de folhas frescas de hortelã. Desligue e tampe na sequência, deixando descansar por 10 minutos.

Coe e ingira ainda morno. Se preferir, você pode misturar as folhas a um pouco de leite quente, de modo a acalmar o intestino.

2. Chá de orégano

O orégano é muito mais do que um condimento que dá um sabor especial às suas preparações. Isso porque a bebida feita a partir dele está entre os 5 chás para infecção intestinal, especialmente por causa do óleo que ele libera.

Em primeiro lugar, ele tem ação antioxidante e antimicrobiana, o que ajuda a conter a ação de micro-organismos. Ele também fortalece o sistema imunológico, de modo que a infecção é mais facilmente combatida.

Ainda melhora a digestão e elimina as cólicas e suas propriedades antiespamódicas colaboram para o relaxamento e alívio das dores.

Porém, é especialmente nocivo para grávidas, então deve ser evitado por causa do risco de aborto. Quem tiver tendência a ter alergia cutânea também deve evitar o consumo dessa bebida, que não deve ser administrada por um longo período;

Receita

Para preparar, comece despejando uma colher de sopa cheia de folhas de orégano, as quais podem estar secas. Aqueça uma xícara de água até o ponto de fervura e, depois de desligar o fogo, despeje o líquido imediatamente na xícara.

Tampe por 5 a 10 minutos ou até que a bebida adquira uma coloração mais intensa e esteja morna o suficiente para ser consumida. Beba, no máximo, duas vezes por dia, com intervalo de 12 horas entre cada ingestão.

3. Chá de canela

A canela é muito conhecida por seu sabor característico e pela sua presença em pratos doces e salgados. Porém, ela também é aliada de quem está com infecção intestinal ao aparecer na forma de chá.

Ela tem efeitos antioxidantes, que ajudam no funcionamento e reparação de áreas do organismo, além de combater a irritação na área intestinal, por causa de sua ação anti-inflamatória, antibacteriana e antiparasita. Ele melhora a circulação do sangue, o que contribui para que mais células de defesa atuem contra os causadores desse quadro. Porém, a exata forma que faz com que a bebida alivie os sintomas e favoreça a saúde ainda não é totalmente conhecido.

O que se sabe é que ele deve ser evitado por gestantes, por quem é diabético e faz uso de remédios, por quem ingere anticoagulantes e por quem tem problemas gastrointestinais crônicos e graves.

Receita

Em uma panela, acrescente 150 ml de água e cerca de 2 gramas de canela em pau, que corresponde às suas cascas. Ferva tudo por 5 a 10 minutos em fogo baixo ou até que surjam as primeiras bolhas.

Tampe e deixe assim por cinco minutos. Em seguida, coe e beba ainda morno. Se preferir, coloque um pouco de mel para potencializar as propriedades.

4. Chá de gengibre

O Chá de gengibre também é de grande ajuda em um momento como esse. Ele é capaz de facilitar a digestão, favorecer os movimentos peristálticos e melhor ar o funcionamento desse sistema.

Ele também eleva o metabolismo e a circulação, favorecendo o fortalecimento, além de possuir propriedades calmantes em relação ao intestino. Ele diminui a diarreia, tem ação antibacteriana e melhora toda a saúde da região.

É ideal para quando a infecção ainda está bem no começo, mas fique atento às contraindicações. Ele não deve ser ingerido por mulheres grávidas, por pessoas com problemas de hipertireoidismo, com pressão alta ou com problemas hemorrágicos ou de coagulação.

Como fazer?

Para fazê-lo, lave um pedaço de gengibre e corte-o em pequenos pedaços. Em uma panela, ferva um litro de água por meia hora em fogo baixo.

Na sequência, desligue o fogo e, imediatamente após, adicione os pedaços de gengibre em uma xícara e despeje a água fervente por cima. Deixe tampado por 15 minutos e coe quando estiver morno.

Beba em temperatura média e, depois que ele esfriar, aqueça-o levemente antes da ingestão.

5. Chá preto com limão

O chá preto é rico em antioxidantes, que favorecem o funcionamento do organismo e garantem um intestino mais protegido. Ele também atua diretamente no aparelho gastrointestinal, diminuindo a atividade do intestino e contendo a diarreia graças à presença de taninos.

Também ajuda a conter a inflamação da mucosa e relaxa o organismo, aliviando os desconfortos de cólicas e espasmos intestinais.

Chá preto!

Já o limão tem propriedades adstringentes, anti-inflamatórias e bactericidas. É como se fosse um poderoso antibiótico natural, de modo a combater a causa do problema.

Ele deve ser evitado por grávidas, lactantes, hipertensos, anêmicos e por quem tem problemas crônicos no sistema gastrointestinal.

Passo a Passo Fácil

Comece fervendo o correspondente a 3 copos de água em fogo baixo. Assim que levantar o ponto de fervura, coloque em um recipiente meio limão cortado ao meio e seu suco e duas colheres de chá de chá preto. Adicione a água e tampe por 5 minutos.

Coe na sequência e ingira ainda morno. Também é possível acrescentar um pouco de mel para melhorar o seu sabor.

A gravidade que uma infecção intestinal pode assumir exige a busca de um médico. Porém, com os 5 chás para infecção intestinal podem ajudar no processo de recuperação da saúde e do equilíbrio, então não deixe de conversar com o seu médico.

Conte para a gente, nos comentários, se você tem alguma dica ou dúvida sobre o tema!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)