5 Chás Medicinais para Candidíase Masculina e Feminina

Publicidade

Muitas pessoas pensam que a candidíase é uma doença sexualmente transmissível, mas esse é um mau, na verdade, causado por um fungo do gênero cândida, por isso o nome de candidíase, que tanto pode afetar os órgãos genitais quanto a pele, a boca, o esôfago ou o intestino. Para ajudar no tratamento dessa infecção, separamos algumas receitas de chás antifúngicos naturais que aliviam os sintomas e ajudam curar a doença. Confira algumas dicas e curiosidades sobre os benefícios dessas ervas:

Chá de Cravo-da-índiaUm poderoso antibactericida para candidíase oral e outras enfermidades
Chá de Unha de GatoUma erva poderosa contra candidíases
Chá de BarbatimãoUm poderoso antifúngico para combater a cândida
Chá de EquináceaPara aumentar a imunidade e diminuir o risco de infecções
Chá de EstéviaO chá feito a partir das folhas é ótimo para combater a candidíase

1. Chá de Cravo-da-índia

Um poderoso antibactericida para candidíase oral e outras enfermidades

o que tomar para fungos intestinais
Chá de Cravo-da-índia

O cravo-da-índia tem propriedades antissépticas, cicatrizantes, antifúngicas, antibacterianas, antioxidantes, analgésicas e anti-inflamatórias. Nativa da Indonésia, essa planta é rica em vitaminas, como A, C e K, e em sais minerais, como potássio, manganês, ferro, selênio e magnésio, além de substâncias como o beta-cariofileno e o eugenol, um poderoso antiviral e antibactericida. Por isso, o chá desse botão de flor alivia sintomas de cólicas menstruais, dores de cabeça e de dente, inflamações de garganta, candidíase oral e vaginal, entre outros incômodos. Gostou dos benefícios do cravo-da-índia? Conheça então uma receita com esse condimento para cuidar da saúde bucal:

Ingredientes:

  • 01 Colher de sopa de cravos;
  • 01 Litro de água.

Saiba como preparar:

Para preparar o chá, leve ao fogo a água e os cravos-da-índia e deixe ferver. Quando estiver em ponto de ebulição, desligue o fogo, tampe e deixe descansar por 10 minutos para esfriar. Coe e consuma no máximo 03 xícaras por dia. Você também pode acrescentar outras ervas ao fazer o chá, como hortelã, camomila e hibisco, assim pode dar mais sabor a bebida.

Imperdível:  Dicas e Sugestões de Chá para Diluir Pedra nos Rins

O chá de cravo-da-índia é contraindicado para pessoas hipersensíveis a suas propriedades e pode causar contrações uterinas, prejudicando a saúde do bebê, por isso mulheres grávidas ou em período de lactação não devem consumir produtos que contenham esse botão de flor.

2. Chá de Unha de Gato

Uma erva poderosa contra candidíases

dicas de chas
Chá de Unha de Gato

A Uncaria tomentosa, popularmente conhecida por unha de gato, é uma poderosa erva com propriedade analgésica, antioxidante, anti-inflamatória, imunoestimulante, antiviral, regeneradora celular, reguladora menstrual, contraceptiva, antipirética e diurética. Originária de regiões tropicais, essa planta medicinal rica em nutrientes é eficaz no tratamento de inúmeras doenças como asma, sinusite, gastrite, viroses, cistite, úlceras gástricas, herpes genital e herpes zoster, além de tumores metastáticos e candidíases. Interessante a unha-de-gato não é mesmo? Conheça então um chá dessa erva para tratar a candidíase e outras doenças:

Ingredientes:

  • 20g de cascas e raízes de unha de gato;
  • 01L de água.

Saiba como preparar:

Ferva a erva com a água por aproximadamente 15 minutos. Despois desse tempo, desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe repousar por 10 minutos. Escorra o chá com uma peneira e beba. O consumo desse chá deve ser entre as refeições, de 8 em 8 horas.

O uso dessa planta medicinal é contraindicado para mulheres grávidas ou em processo de amamentação. Além disso, pessoas que fizeram transplante, tem problemas gástricos, esclerose múltipla ou tuberculose também não devem consumir a unha-de-gato.

3. Chá de Barbatimão

Um poderoso antifúngico para combater a cândida

Rica em taninos que possuem propriedades antioxidantes e adstringentes, o barbatimão é uma árvore típica do cerrado brasileiro que possui propriedades antifúngicas, anti-inflamatórias, antibacterianas e cicatrizantes. Muito utilizado pelos povos indígenas para rituais de cura, essa planta hoje é recomendada pela medicina alternativa para tratar corrimentos vaginais, inflamações do útero e ovários, miomas, cistos, hemorragias, candidíases, entre outras doenças. O barbatimão tanto pode ser ingerido, na forma de chá, quanto pode ser usado externamente na forma de banhos, gargarejos, lavagens vaginais ou uterinas. Conheça como fazer um chá da casca dessa árvore:

Imperdível:  Como Fazer Chá de Maçã Tutorial Passo a Passo e Benefícios
masculina e feminina
Chá de Barbatimão

Ingredientes:

  • 02 Colheres de sopa de cascas de barbatimão;
  • 01 Litro de água.

Modo de preparo:

Ferva a água com o barbatimão por aproximadamente 10 minutos. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe descansar por mais 10 minutos. Escorra com uma peneira e tome de duas a três xícaras por dia. Para usar externamente, utilize uma colher de sopa da casca para um litro de água morna, fazendo lavagens pelo menos 3 vezes ao dia.

Não há contraindicações para o uso das cascas do barbatimão, mas mulheres grávidas não devem fazer uso das suas sementes e vagens. Outra forma de uso do barbatimão deve ser consultada com o médico.

4. Chá de Equinácea

Para aumentar a imunidade e diminuir o risco de infecções

para candida
Chá de equinácea

A equinacea é uma planta medicinal que tem ação imunoestimulante, imunomoduladora, antibacteriana, anti-inflamatória, antisséptica, antiviral e antimicrobiana, além disso, auxilia na produção de anticorpos produzidos pelos glóbulos brancos. Rica em óleos essenciais, flavonoides, polissacarídeos, entre outras substâncias, a equinacea é um fitoterápico aprovado pela Anvisa que previne ou diminui sintomas de sinusites, amidalites, gripes, resfriados, infecções respiratórias e urinárias, herpes e candidíase. Já viu que a equinacea tem muitos benefícios não é mesmo? Conheça então uma receita de chá com essa erva:

Ingredientes:

  • 01 Colher de chá de raiz ou folhas de equinácea;
  • 01 Xícara de água.

Saiba como preparar:

Ferva a água e quando estiver em ebulição, desligue o fogo. Coloque a equinácea, tampe e deixe descansar por cerca de 10 minutos. Escorra com uma peneira e beba. Consuma o chá duas vezes

ao dia durante quatro semanas. Faça um intervalo de uma semana, se for necessário, e volte a tomar pelo mesmo período.

Imperdível:  7 Sugestões de Chás para Desinchar: Corpo, Barriga, Pés

O chá de equinácea não é recomendado para gestantes e lactantes, portadores de esclerose múltipla, artrite reumatoide, lúpus, em tratamento de câncer, com alergias ou febre. Na dúvida, procure um médico.

5. Chá de Estévia

O chá feito a partir das folhas é ótimo para combater a candidíase

poderosas da natureza
Chá de Estévia

Para quem conhece a estévia como um adoçante natural, você sabia que este não é o único benefício que a erva oferece? Originária do Paraguai e muito utilizada pelos povos indígenas pelas suas propriedades medicinais, a estévia é indicada para pessoas com diabetes, hiperatividade, pressão alta, indigestão, obesidade e candidíase, pois possui uma enorme quantidade de sais minerais como alumínio, cálcio, cromo, cobalto, flúor, ferro, magnésio, manganês, fósforo, potássio, selênio, sódio, estanho e zinco. Forte inibidor da necessidade de tabaco, álcool e carboidratos, essa planta ainda possui em sua composição vitamina C, betacaroteno, niacina, riboflavina e tiamina. Curioso (a) sobre como fazer um chá com essa erva para candidíase? Conheça a receita:

Ingredientes:

  • 01 Colher de chá de folhas secas de estévia;
  • 01 Xícara de chá de água.

Saiba como preparar:

Ferva a água e quando estiver em ponto de ebulição, desligue o fogo. Coloque as folhas de estévia, tampe e deixe descansar por cerca de 10 minutos. Escorra com uma peneira e beba em seguida. O consumo diário recomendado é de 02 xícaras de chá.

A stévia não tem contraindicações, mas o seu consumo excessivo pode causar hipoglicemia. Mulheres grávidas, ou em processo de lactação, e crianças precisam buscar orientação médica.

Gostou das nossas dicas de chá para candidíase? Conhece alguma outra erva que também ajuda a combater fungo da cândida? Compartilha com a gente!

como saber qual chá você deve tomar

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *