5 Chás Medicinais e Naturais para Bebês + Benefícios!

Publicidade

Há muitas mães que se preocupam com a saúde dos seus bebês e muitas vezes não sabem o que fazer para aliviar os sintomas quando eles estão com prisão de ventre, cólicas, insônia, icterícia ou outros desconfortos dessa fase de desenvolvimento. Por isso, para ajudar nessa tarefa, separamos algumas dicas de chás que ajudam a tornar esse momento muito mais tranquilo tanto para os bebês quanto para as mamães. Confira:

Chá de AmeixaRica em fibras, a ameixa ajuda a soltar o intestino
Chá de FunchoUma poderosa erva antigases que alivia cólicas intestinais
Chá de Erva cidreiraEssa erva ajuda o bebê ter um sono melhor e mais tranquilo
Chá de HortelãAlém do aroma, o chá dessa erva ajuda com problemas respiratórios
Chá de Picão com CamomilaUm poderoso anti-inflamatório e antioxidante contra o amarelão

1. Chá de ameixa para prisão de ventre

Rica em fibras, a ameixa ajuda a soltar o intestino

prisão de ventre

É mais comum bebês sofrerem com prisão de ventre do que parece, mas antes que você se desespere com isso, saiba que o chá de ameixa resolve naturalmente esse desconforto do seu pequeno. Rica em minerais como potássio, flúor, fósforo, cobre, cálcio, magnésio e zinco, além de vitaminas A, E, C, K e do complexo B, a ameixa possui uma grande quantidade de fibras e nutrientes que ajudam, entre muitos benefícios, a desinchar a barriga e melhorar a digestão. Por causa do efeito laxante de compostos como o sorbitol e a isatina, a atividade digestiva é estimulada com a hidratação das fezes e o alívio da constipação intestinal. Conheça como fazer o chá dessa fruta para o seu bebê:

Ingredientes:

  • 04 Ameixas secas;
  • 90ml de água filtrada.

Saiba como preparar:

Ferva a água junto com as ameixas. Desligue o fogo e quando estiver morno, ofereça ao bebê na mamadeira. Se ele ainda estiver se alimentando somente com o leite materno, dê em uma colherzinha ou copinho aos poucos.

O chá de ameixa não possui contraindicações, mas é sempre bom perguntar ao pediatra qual o melhor momento de colocar outros alimentos nas refeições do seu filho, não é mesmo?

2. Chá de funcho para cólicas

Uma poderosa erva antigases que alivia cólicas intestinais

Rico em fibras e vitaminas A, B e C, além de cálcio, ferro, fósforo, potássio, sódio e zinco, o funcho, também chamado de erva doce, é muito eficiente para melhorar a digestão e combater distúrbios gastrointestinais por causa das suas propriedades antiespasmódicas. Originário do Mediterrâneo, o funcho age na prevenção da azia, alívio dos enjoos, redução dos gases, ajuda na digestão, além de ter efeito laxante, abrir o apetite, combater a tosse e aumentar a produção de leite nas mães. Já viu que essa erva tem muitos benefícios para saúde, não é mesmo? Saiba então como preparar o chá para o seu bebê:

rico em nutrientes

Ingredientes:

  • 01 xícara de chá de água;
  • 01 colher de chá de sementes ou 5g de folhas verdes de funcho.

Saiba como preparar:

Ferva a água e quando estiver em ponto de ebulição, desligue o fogo. Coloque as sementes ou as folhas de funcho na água, tampe e espere esfriar. Quando estiver morno, escorra com uma peneira e dê para o bebê tomar.

O funcho não tem contraindicações, mas se a criança ainda estiver na fase em que exclusivamente só toma leite materno, consulte o médico para saber se pode introduzir outros alimentos nas refeições do seu filho.

3. Chá de erva cidreira para um sono tranquilo

Essa erva ajuda o bebê ter um sono melhor e mais tranquilo

melhores ervas para saúde

Além do aroma que a torna um poderoso tônico e antisséptico, a erva cidreira também é analgésica, antimicrobiana, antiespasmódica, antialérgica, cicatrizante e anti-inflamatória. Por isso é indicada em casos de problemas gástricos, má circulação, tosses, constipações decorrentes de gripes e resfriados, além de tratar sintomas de ansiedade, enxaquecas, crises nervosas, depressões, epilepsias, fadigas e insônias por causa das suas propriedades calmantes, relaxantes e sedativas. Assim como a ameixa e o funcho, a erva cidreira também não possui contraindicações, confira como fazer um chá para o seu bebê ter um sono mais tranquilo:

Ingredientes:

  • 01 Colher de chá de maçã desidratada;
  • 01 Colher de café de erva cidreira;
  • 01 Colher de café de erva doce;
  • 200ml de água filtrada.

Saiba como preparar:

Ferva a água e quando estiver em ponto de ebulição, desligue o fogo. Acrescente a maçã, a erva cidreira e a erva doce, tampe e deixe em infusão por cerca de 05 minutos. Escorra o chá e dê a mistura fria ao bebê em pequenas colheradas antes da hora de dormir. Não adoce o chá.

Em caso de dúvida, consulte o médico, principalmente se seu bebê tiver pouco tempo de nascido.

4. Chá de hortelã para resfriado

Além do aroma, o chá dessa erva ajuda com problemas respiratórios

natural

Grande fonte de minerais, como fósforo, ferro, cálcio e potássio, de vitaminas do complexo B, além das vitaminas A, C, D e E, a hortelã é uma erva que ajuda a combater problemas respiratórios como asmas, rinites e sinusites. Resistente e de fácil adaptação a qualquer ambiente, essa erva aromática também auxilia no combate de cólicas, má-digestão e no fortalecimento do sistema imunológico, tratando gripes e resfriados, além de eliminar ou impedir a formação de catarro. Quer saber como fazer um chá de hortelã bem simples para dar ao seu bebê? Conheça a receita:

Ingredientes:

  • 10 Folhas de hortelã;
  • 200ml de água.

Saiba como preparar:

Ferva a água com a hortelã por três minutos. Desligue o fogo, escorra com uma peneira e dê para o bebê assim que a bebida estiver morna.

A hortelã não possui contraindicações, mas não exagere na dose de chá, pois o uso excessivo da hortelã ingerido por crianças pode causar irritação na mucosa e atrapalhar o sono. Na dúvida, consulte o pediatra.

5. Chá de picão com camomila para icterícia

Um poderoso anti-inflamatório e antioxidante contra o amarelão

com flores

Também conhecida como amarelão, a icterícia é a dificuldade que a criança tem de expelir a bilirrubina do sangue, um composto alaranjado resultante da degradação da hemoglobina. Em casos mais comuns, o próprio organismo se equilibra naturalmente, mas os chás podem auxiliar nesse processo como o chá de picão (biendes pilosa). Originário da América Tropical, o picão tem propriedades anti-inflamatórias, antirreumáticas, antibióticas, antioxidantes e até mesmo antitumorais e hematoprotetoras que agem contra doenças do fígado, gastrites, úlceras estomacais, diabetes, feridas, alergias, hemorroidas e Icterícia. Já percebeu que o picão é uma planta medicinal poderosa não é mesmo? Confira então uma receita de chá com picão para dar banho no seu bebê e livrá-lo do amarelão:

Ingredientes:

  • 04 Colheres de sobremesa de folhas de picão;
  • 04 Colheres de sobremesa de camomila;
  • 01L de água.

Saiba como preparar:

Ferva a água e desligue o fogo. Coloque o picão e a camomila, tampe e deixe descansar por cerca de 10 minutos. Escorra o chá com uma peneira e utilize a mistura para banhar a criança duas vezes ao dia logo após o preparo do chá para não perder o efeito.

O picão não tem contraindicação e pode ser utilizado tanto externamente quanto internamente, mas não deve ser consumido por mulheres grávidas. Quanto ao uso interno, consulte o médico.

Gostou das nossas dicas de chás para bebês? Conhece outra receita? Compartilha aqui com a gente para outras mamães saberem!

como saber qual chá você deve tomar

Comente! Pergunte! Relate! Sugira!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *