Propriedades do Chá de Arnica + Receita Passo a Passo

Publicidade

A arnica é uma planta da família Asteráceas, a mesma do girassol, por isso algumas pessoas até as confundem. Mas, não é difícil assim saber diferenciá-las, pois, a arnica possui uma folha com textura aveludada e com pelos. Este fato foi o que originou o nome da planta, já que ele significa “pele de cordeiro”.

Está planta nasce em regiões de clima temperado, podendo ser mais facilmente encontrada na América do Norte Ocidental. Já no Brasil, mesmo com o seu clima mais quente, a arnica pode ser encontrada cultivada em campos em Minas Gerais, Goiás e Bahia.

A arnica também é conhecida por outros nomes, principalmente como betônica, tabaco das montanhas, entre outros. As espécies mais conhecidas da planta são a arnica da montanha, arnica do campo, a silvestre, a erva de lagarto, lanceta, macela miúdo, rabo de rojão e sapé macho, dentre outros.

A planta já é bastante usada em tratamentos caseiros, principalmente usufruindo das propriedades dela, através do chá de arnica. O chá vem sendo usado cada vez mais para recursos terapêuticos, graças aos seus benefícios.

* Motivos para tomar o chá de arnica

As pessoas mais velhas provavelmente já escutaram falar sobre as propriedades que a arnica tem e já ouviram que o seu chá é um santo remédio. A planta é considerada medicinal há muitos anos, e já tem a sua eficácia comprovada em alguns tipos de tratamentos, como em algumas lesões.

Quem toma o chá de arnica, pode usufruir dos efeitos anti-inflamatório e analgésico da planta. Pode aproveitar também a sua contribuição para o alivio de dores e inchaços. E segundo especialistas que estudaram sobre o assunto, essas propriedades da arnica acontecem graças a duas substâncias responsáveis por isso, que são a quercitina e inolina.

Veja receitas de chás!

Com as propriedades anti-inflamatórias, o chá de arnica é indicado para ajudar a curar ferimentos, distensões e lesões musculares, contusões, rompimento de ligamentos ou até mesmo reumatismo. Tudo amenizado com um produto natural como a arnica.

O chá de arnica também tem as propriedades medicinais de agentes desinfetantes, analgésicos, tônicos, antisséptico, cicatrizante, estimulante, antimicrobiana e verminoses. Isso acontece graças a presença de substancias chamadas de lactonas sesquiterpênicas, óleos essenciais e flavonoides.

Além de todos esses benefícios, o chá da planta também pode ser usado em outras situações. Como utilizá-lo para passar na pele e clarear manchas roxas, causadas por hematomas e edemas. O chá pode ser usado também como uma espécie de repelente.

A sua utilização na pele, consegue repelir insetos, e ainda amenizar a coceira causada pela mordida de mosquitos, por exemplo. As irritações de pele podem também ficar muito mais amenas passando o chá, até furúnculos podem ser cicatrizados. Pode ser utilizado para quem briga com a oleosidade da pele, além da queda de cabelos também.

O chá de arnica também pode ser utilizado na forma de compressa, no caso de contusões, reumatismo, para aliviar inchaços e dores de cabeça, por exemplo. Este tipo de compressa também é ótima para casos de problemas de circulação. Algumas pessoas dizem até que o gargarejo com o chá ajuda e muito em dores de garganta ou quando ela está inflamada. Bem versátil não é mesmo?

* Efeitos colaterais e contraindicações do chá de arnica

O ideal antes de começar a usar o chá de arnica para algum tipo de tratamento, é procurar primeiro uma orientação médica, para que ele possa dizer como o seu organismo está preparado para receber o produto em caso da ingestão interna.

Isso vale para qualquer tipo de tratamento, seja ele com remédios, ou com coisas caseiras, como é o caso do chá. Como este tratamento é natural, vale à pena, pelo menos, pedir orientações de um homeopata, para que você não consuma uma superdosagem do produto.

No caso da arnica, quando está planta é consumida em quantidades superiores ao que deve ser necessário, esse excesso pode causar alguns efeitos colaterais dependendo da pessoa. Algumas podem até não sentir nada, mas outras podem ter tontura, taquicardia, tremores, dores abdominais, vômitos, aumento da pressão arterial e/ou arritmias cardíacas.

Por isso o ideal é estar com exames em dia e procurar o seu médico, para entender como melhor consumir o chá, para o seu tipo de organismo. O hábito de tomar o chá de arnica deve ser interrompido durante a gestação e na fase de lactação.

Não se sabe ao certo os efeitos que pode causar ao decorrer destas fases, por isso, o melhor é parar, e esperara para voltar. Além disso, o uso externo do chá, é contraindicado para aqueles ferimentos que estão muito abertos e expostos, que nem aparecem mais a pele.

* Como usar o chá

O chá de arnica deve ser feito com as flores da planta. Mas, para prepará-lo não é necessário ter em mãos essas flores, já que existe no mercado está erva em pó, pronta para fazer chá. Com esse produto em mãos, você vai colocar uma colher dele para cada 250 mililitros de água quente.

Você vai preparar com esses ingredientes um chá normal, e com ele ainda morno, é que vai utilizá-lo. Pegue a infusão que preparou e aplique com a ajuda de um tecido em cima da área que você deseja tratar. O ideal é que sempre que a compressa for esfriando, você deva trocar ela.

Aplique a infusão pelo menos entre três e quatro vezes ao dia. Lembrando que o mesmo chá que preparado para infusão, pode ser usado como gargarejo se tratando de dores na garganta, como já foi dito anteriormente.

* Uso para tratamentos internos

Quando utilizado para problemas internamente, o uso do chá de arnica deve ser restrito. Se tomado em excesso, ele pode provocar até intoxicações, por isso só deve ser tomado realmente com recomendação. Ele normalmente aconselhado para estimular os batimentos cardíacos e a circulação. A dose não deve passar de 1% de arnica para 200 mililitros de água por dia.

Agora que você sabe todas as propriedades do chá de arnica, e tudo que deve ser feito para começar a usá-lo como tratamento, já pode investir no produto. Mas sempre, procurando um especialista antes de começar.

O que você acha do gosto do Chá de Arnica? Comente!

2 Comments

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)